Planilha de Sistema de Gestão de Indicadores e Metas em Excel 4.0

Planilha de Sistema de Gestão de Indicadores e Metas em Excel 4.0

GOSTOU DESSE MODELO?

Teste gratuitamente

Esta ferramenta faz parte do LUZ Prime, uma plataforma criada para ajudar negócios a ganharem escala com modelos prontos, cursos e comunidade. Tenha acesso a:

  • Mais de 250 Planilhas
  • Mais de 150 Apresentações, Prompts de IA, Manuais e mais

Para utilizar esta ferramenta você precisa ter um plano ativo.

Você pode testar grátis por 7 dias clicando abaixo:

Já é cliente LUZ Prime? Baixe este modelo na Área de Membros 

Essa planilha é um sistema completo e automático de gestão de indicadores, metas e resultados passados. Ela permite que você compare indicadores entre si, que faça comparações entre os resultados obtidos e o que se pretendia alcançar e também que você entenda se está melhorando ou piorando ano após ano. Além disso, você pode criar e acompanham a realização de planos de ação visando o alcance dos objetivos estratégicos da sua empresa.

Escolha de Indicadores

Faça o registro de até 20 indicadores para controlar com a planilha e a quais áreas eles estão relacionados

Configurações

Todos os resultados dos indicadores são comparados com as metas estabelecidas e com os resultados do ano anterior de acordo com os limites percentuais que você estipula aqui

Acompanhamento Mensal

3 abas para você registrar o acompanhamento mensal das metas, do seu resultado atual e do ano anterior para fazer comparações e tomar decisões estratégicas

Planos de Ação

Trace planos de ação visando concretizar todas as metas estabelecidas. O programa de gestão visa verificar se as ações planejadas inicialmente estão sendo realizadas e se dão resultados efetivos

Painel de Indicadores

Painel com a lista de todos os indicadores cadastrados na planilha e seus respectivos resultados e comparativos com meta e ano anterior

Análise por Indicador

Escolha um indicador e visualize todos os resultados (do ano atual, do ano anterior e das metas) e os percentuais relacionados a cada mês para entender se você está bem ou mal nesse KPI

Análise dos Planos de Ação

Relatório com o acompanhamento mensal do status dos planos de ação, para que você saiba exatamente se está concluindo as tarefas traçadas ou se precisa se esforçar mais em alguns quesitos.

Dashboard de Escolha de Indicador

Escolha um indicador e veja um painel de controle pronto automaticamente com as principais informações e gráficos

Dashboard de Gestão de Indicadores e Metas

Dashboard com espaço para selecionar e comparar todas as principais informações de até 4 KPI (Key Performance Indicators) diferentes no próprio sistema. Tem por objetivo resumir o resultado do indicador de forma mensal e graficamente, além de incluir os dados cadastrais, comparação com a meta e com o ano anterior.

 

Vídeo Explicativo desse Modelo

O que são indicadores e metas?

Ainda é bastante comum as confusões entre os conceitos de objetivos, indicadores e metas. E isso pode comprometer o sucesso das estratégias traçadas para um negócio.

A partir do momento em que você entende a diferença entre eles, as estratégias se tornam mais claras e assertivas.

Enquanto os objetivos dizem respeito a resultados centrais para a empresa, as metas correspondem aos caminhos para atingi-los, sendo traçadas para determinado período.

Por isso, as metas precisam ser concretas, objetivas e mensuráveis, além de estarem sempre alinhadas aos objetivos da empresa.

Já os indicadores nada mais são do que medidas específicas para monitorar o progresso em relação a uma meta.

Portanto, a lógica consiste em transformar os objetivos em metas palpáveis. E os indicadores, escolhidos de forma estratégica, permitem acompanhar os processos e garantir que a empresa chegue aonde deseja.

Por que fazer a gestão de indicadores e metas?

Se você ainda não realiza a gestão de indicadores e metas, seja da sua empresa ou dos seus clientes de consultoria, é hora de entender a importância dessa prática.

A gestão de indicadores e metas, como o nome diz, nada mais é do que monitorar e acompanhar o progresso de projetos e atividades em andamento.

Além de contribuir para as metas serem atingidas, esse tipo de gestão traz mais assertividade para a empresa. Isso porque os resultados precisam estar bem alinhados com as metas traçadas.

Ou seja, você deixa de se basear em “achismos” ou em parâmetros subjetivos para medir de maneira eficiente o desempenho das estratégias por meio de indicadores concretos.

Com a ajuda deles, a empresa se torna mais competitiva. Por outro lado, aqueles que não adotam a gestão de indicadores e metas correm o risco de ficar para trás. 

Tanto é que a maioria das empresas já utiliza metodologias para medir com qualidade seus resultados.

Essa vantagem competitiva está ligada a diversos benefícios promovidos pela gestão de indicadores e metas.

Um deles é a rápida identificação de pontos que precisam ser corrigidos ou otimizados. Ao ter indicadores específicos para cada meta, você consegue descobrir possíveis falhas antes que elas se tornem problemas maiores.

Dessa forma, as chances de as metas serem atingidas, no tempo esperado, aumentam bastante.

Além disso, um mesmo indicador pode impactar diferentes áreas da empresa, fazendo com que a relação estratégia entre elas fique cada vez mais evidente.

Basicamente, a gestão de indicadores e metas permite ter uma visão ampla do negócio

Quando os indicadores são usados e analisados de maneira adequada, é possível obter insights valiosos.

5 dicas para adotar a gestão de indicadores e metas

A seguir, listamos as principais dicas para você colocar a gestão de indicadores e metas em práticas. Confira!

1. Estabeleça os indicadores

Existem alguns indicadores que costumam ser básicos para qualquer negócio, independentemente do planejamento estratégico da empresa ou do setor.

Veja quais são eles:

  • faturamento;
  • retorno sobre o investimento (ROI);
  • custo de aquisição de cliente (CAC);
  • participação no mercado (market share);
  • carteira de clientes.

No entanto, saiba que esses não são os únicos que devem ser adotados.

A escolha de outros indicadores depende de uma avaliação de quais dados são necessários para o acompanhamento do progresso de cada negócio.

Lembre-se de que os indicadores dependem diretamente da coleta de dados para serem monitorados regularmente.

2. Alinhe os indicadores aos objetivos estratégicos

Os indicadores e metas devem estar sempre alinhados aos objetivos estratégicos da empresa.

Afinal, estamos falando dos caminhos que levam o negócio ao alcance desses objetivos maiores. Ou seja, não podem estar dissociados.

Esses indicadores estratégicos, adaptados às necessidades de cada negócio, costumam ser chamados de KPIs (Key Performance Indicators).

Diferentemente dos indicadores básicos, os KPIs estão atrelados ao planejamento estratégico e, portanto, aos objetivos da empresa.

3. Defina metas para os indicadores

Tendo em mente os indicadores estabelecidos, é hora de definir as metas. Quanto mais claras elas forem, melhor.

Nessa etapa, vale a pena adotar o método SMART, uma ferramenta que ajuda na definição de metas:

  • Specific (Específico): a meta deve ser bem específica, nunca ambígua ou vaga;
  • Measurable (Mensurável): a meta deve ser mensurável para acompanhamento do progresso;
  • Achievable (Alcançável): a meta pode ser desafiadora, mas também deve ser realista;
  • Relevant (Relevante): a meta deve ser relevante e estar alinhada aos objetivos estratégicos;
  • Time-bound (Tempo determinado): a meta deve ter prazo para ser alcançada.

Ao usar esses parâmetros como base, fica mais fácil definir metas que façam sentido para a realidade da empresa.

4. Adote uma planilha de gestão

Tão importante quanto definir indicadores e metas é gerenciá-los. Para isso, a adoção de uma planilha de sistema de gestão faz toda a diferença.

Além de acompanhar os indicadores e a progressão das metas, esse tipo de ferramenta permite comparar resultados obtidos e o que se deseja alcançar, monitorar planos de ação e gerar relatórios gráficos.

Com a Planilha de Sistema de Gestão de Indicadores e Metas em Excel 4.0 do LUZ Prime, você faz tudo isso de forma automatizada.

É a melhor maneira de aumentar a eficiência tanto da operação quanto da gestão.

5. Acompanhe os resultados

Por fim, você deve acompanhar os resultados periodicamente para se certificar de que as metas estão sendo atingidas, conforme os prazos estipulados.

Ao monitorar a evolução de perto, possíveis desvios na trajetória podem ser corrigidos com maior agilidade.

Além disso, evita desesperos diante de situações negativas.

Isso porque, com a planilha de sistema de gestão, os indicadores podem ser analisados de perto, facilitando a identificação de soluções.

Mesmo quando tudo está dentro do planejado, a empresa consegue pensar em ações que possibilitem um crescimento ainda maior.

Vídeo Explicativo desse Modelo

Seja Prime e tenha acesso a centenas de modelos prontos de planilhas e apresentações profissionais!

Se você deseja garantir que a sua empresa ou os seus clientes alcancem os objetivos desejados, coloque essas dicas em práticas.

E, claro, não deixe de contar com a ajuda de uma ferramenta eficiente, como a Planilha de Sistema de Gestão de Indicadores e Metas em Excel 4.0 do LUZ Prime.

Ainda não é um assinante? Então faça o teste grátis por 7 dias e baixe diversos modelos prontos para otimizar o seu trabalho!

antes de sair...

Que tal assistir um vídeo explicativo desta ferramenta?

Planilha de Sistema de Gestão de Indicadores e Metas em Excel 4.0

Ganhe produtividade na sua consultoria com modelos prontos
×

 

Suporte LUZ

× .